Homem com homem e mulher com mulher na terapia?

Quando se sentou na cadeira e olhou para aquela moça com cara e jeito de patricinha, Misael*, um senhor de mais de 50, achou que aquilo jamais daria certo. Ao falar com Rosa*, estava certo de que somente um homem de meia idade como ele poderia compreender o drama pelo qual passava. No entanto, aquela jovem ouvia com tanta atenção que ele acabou retornando algumas vezes, até mesmo lhe passando pela cabeça que ela estivesse interessada nele.

– Ah, que bobagem… tenho idade pra ser pai dessa moleca, o que estou pensando…

Sua relação com a esposa melhorava e aos poucos percebia as “ideia” se organizando melhor na sua cabeça. Existiam coisas sobre as quais nunca havia se debruçado para pensar um pouco mais: passou a falar de “coisas de homem” sem pensar e quando viu, já estava no caminho para casa:

– Ô loco! Falei isso mesmo!

Curioso… homem que era, dado a carregar carne sobre o lombo o dia todo e falando aquele “papo de homem” com seus companheiros, Misael* acabara de falar daquilo tudo com aquela moça e nem percebera sua conversa se estender numa direção que nunca tivera visto.

– Nossa… Ainda bem que ela entende dessas coisas…

Pois é… levou algum tempo a perceber, mas, Misael* acabou concluindo que não precisava de um “homem” para ouví-lo. Só precisava de “alguém” que o ouvisse.

– Pois é…

E assim, ajeitou a carteira e os passes no bolso, deu sinal para o ônibus e foi embora novamente para sua casa.

Pois bem. Ao contrário do que muitas pessoas costumam pensar, para ouvir o outro não é preciso ter passado pela mesma experiência de vida. Não é preciso ser pai para ouvir um pai falar de seus filhos ou ser mulher para “entender” o ponto de vista de uma mulher.

E ainda que possa ser desejável para alguns pacientes uma espécie de “cumplicidade”, é importante considerar que o que conta, é a história contada pelo próprio sujeito e a vivência ora relacionada.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s